Versículo do dia...

Um pouco de nós / Un poquito de nosotros:

Minha foto

Olá. O Chimarrão com Queijo é o nome tem acompanhado nossa caminhada. O Márcio é oriundo de Cataguases, Minas Gerais, e a Elisandra, de Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Nossa pequena Emanuelle também é de lá.
Seja bem-vindo/a!!!!

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

E você?

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito está pronto, mas a carne é fraca.”   Mt 26.41

Como parte do Corpo de Cristo, a nossa Igreja hoje possui vários desafios a serem superados - vencidos. Então, você pode pensar: como assim? Crescemos em número pessoas, arrecadação, pastores, congregações se desenvolvendo, o que mais precisamos?

Lançamos nossas redes na expectativa de superarmos além do que vemos e temos. Queremos mais, muito mais.

Queremos construir infra-estrutura que dê condições adequadas para o trabalho.

Desejamos que vidas sejam salvas das trevas para a maravilhosa luz de Jesus. Queremos em nossa igreja pessoas crescendo na maturidade da fé em Cristo (não mais se alimentando de leite como criança, mas de alimento sólido como homens e mulheres de Deus). Queremos mudança na sociedade que vivemos porque não podemos nos conformar com este século (violência, injustiça, discriminação, vícios, etc. ...). Enfim, meus irmãos e minhas irmãs, a lista poderia continuar.

Mas, onde quero chegar é perguntar-te: - Como está a tua vida de oração? Você está orando? Você tem andado de joelhos em oração? Quando Jesus vai ao Getsêmani leva alguns de seus discípulos  para orar e vigiar. Jesus está profundamente angustiado. Sabe que sua hora está chegando e que beberá do amargo cálice. E qual foi sua surpresa? Por três vezes encontrou seus discípulos dormindo.

E nós, como Igreja, estamos dormindo também? Ou estamos dobrando, cada dia mais diante de Deus, nossos joelhos e vigiando? Estamos buscando mais e mais o Senhor, dono da seara?

Nosso desafio como igreja é grande. E nossa oração é um ato de obediência, fé e esperança. A nossa oração deve ser feita em nome de Jesus. Devemos orar usando o pronome nosso. Quem ora, ora por todos. Todos temos a necessidade de estar com Deus.

Como venceremos os desafios? Como superaremos os obstáculos? Com vida de oração. Com entrega, disciplina, perseverança e com fé.

O que temos pedido como Igreja? Quais são nossos objetivos? Onde queremos chegar?

Eu quero ir além. Ver o propósito de Deus se realizar na terra. E em oração, quero ser persistente, perseverante até que se cumpra.

Ore sem esmorecer. Incessantemente. Cremos em Deus e sabemos que suas promessas são para todos. “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai  e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.” (Mt 7.7).

Elisandra Toledo, pra.
Boletim ParticipAção, ano XXV, nº 27

Nenhum comentário: