Versículo do dia...

Um pouco de nós / Un poquito de nosotros:

Minha foto

Olá. O Chimarrão com Queijo é o nome tem acompanhado nossa caminhada. O Márcio é oriundo de Cataguases, Minas Gerais, e a Elisandra, de Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Nossa pequena Emanuelle também é de lá.
Seja bem-vindo/a!!!!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

A Estratégia...

“Além disso, procura dentre todo o povo
homens capazes, tementes a Deus,
homens confiáveis e que repudiem a desonestidade; e coloca-os como chefes de mil, chefes de cem, chefes de cinquenta e chefes de dez;    Êxodo 7.21”

Esta semana uma líder de nossa compartilhou um pouco de seu trabalho. Em nossa conversa, ficou claro a sua preocupação com o Reino. Mas também refletiu o seu cansaço.

É claro para nós, diante da nossa caminhada, que uma igreja de programas dá, sim, seus frutos. Mas também percebemos que são poucos, em muitos momentos, nulos.

Além disso, reflete um esgotamento das forças em seus líderes. Poucos, muito trabalham, e os demais ficam à deriva. Muitos se sentem até mesmo deslocados, às vezes não encontrando espaços, numa igreja de tantos espaços.

Esgotamento, que chego a dizer à um estresse. Uma cobrança sobre si e sob seus líderes. Trabalhamos, trabalhamos... mas para o Reino pouco vemos avanço. Quantas vidas você consolidou na Graça de Deus neste último ano? Quantas vidas o seu ministério consolidou no conhecimento de Jesus? Quase nada ou ninguém, não verdade?

Mas, como temos compartilhado, nós, pastores e pastoras, temos recebido de Deus uma palavra clara para o pastoreio da nossa igreja. Não há dúvidas de que para uma vivência rica no amor de Deus que gere em nós frutos de justiça e um ardor pelos perdidos, o discipulado não é um mero método, ou uma herança wesleyana, ou somente a nova reforma (como reportagem de capa da Revista Época de semana passada. Leia em http://www.creio.com.br/2008/noticias01.asp?noticia=9849). Discipulado é o estilo de vida que a Igreja deve caminhar.

Para que o Discipulado seja uma realidade na vida da nossa Igreja, temos visto e crido, por todos os fatores já mencionados: bíblico, histórico e de herança, que a melhor maneira de implantá-lo será por meio de pequenos grupos / células.

Essa estratégia proporcionará um pastoreio mútuo. Um cuidado de um para com o outro. A fadiga que encontramos em nosso líderes, por certo, será extirpada. Primeiro, por que não estará sozinho. Segundo, porque os pequenos grupos/células serão espaços para multiplicação. Os resultados serão melhores.

Conclamamos nosso povo em Cataguases, Miraí e Itamarati a orar...
... em favor do corpo pastoral: Deus conceda sabedoria na implantação do discipulado.
... a cada membro da Igreja: que os paradigmas não sejam empecilhos e que confiemos na visão de Deus ministrada aos nossos líderes.

Vamos viver um novo tempo!


Márcio Toledo, pr.
Boletim Participação, ano XXV, nº32
Informativo semanal da  Igreja Metodista em Cataguases

Nenhum comentário: