Versículo do dia...

Um pouco de nós / Un poquito de nosotros:

Minha foto

Olá. O Chimarrão com Queijo é o nome tem acompanhado nossa caminhada. O Márcio é oriundo de Cataguases, Minas Gerais, e a Elisandra, de Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Nossa pequena Emanuelle também é de lá.
Seja bem-vindo/a!!!!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Ao sonido da trombeta


Se perguntassem-nos qual o sucesso da tomada de Jericó, o que responderíamos? Alguns poderiam responder que foi a presença da Arca da Aliança. Outros, a quantidade de homens que rodearam a cidade. Não poucos outros, responderiam que foi a força do grito daqueles homens.

Mas vejo ali três princípios do Reino aplicados naquele momento do povo: unidade - dependência - obediência.

Se não ocorresse a unidade entre povo, sacerdotes e Josué, creio que a bênção não seria conquistada. Em meio à cada função, a unidade foi fundamental para a conquista. Na unidade há bênção e vida para sempre (Sl 133).

Unidade não implica em sermos iguais. Isso não é unidade. Mas, diante de nossas diferenças, entendermos que somos mais fortes juntos, na mesma caminhada, no mesmo propósito. No mesmo alvo.

Outro princípio do Reino que aprendemos neste texto é a dependência! A experiência de Jericó, assim como da travessia do Mar e tantas outras, foi um lapidar para mostrar que, na obediência às Palavras do Pai, mesmo que simples, virá a graça do Senhor. Nossa vitória não está atrelada à nossa força. Mas, no poder do Deus que age em e através de nós.

Onde que muros cairiam por, a princípio, um plano suicida desse? Mas, eles estavam totalmente dependentes do mover de Deus.

E, talvez o principal princípio do Reino que esta experiência nos traz é a obediência. Obediência  antecede à bênção. Sejais obedientes, honrais  vossos pais e líderes, que a vitória é certa. A obediência ao plano e à voz de Josué fez com que Deus os honrasse.

O texto nos aponta não somente a obediência ao nosso Deus – um princípio para sermos sábios – mas a obediência às lideranças que estão sobre nós. Obediência aos/às nossos/as líderes trazem refrigério sobre o povo e disposição e alegria à liderança (Hb 13.17).

Quais as “Jericós” a serem conquistadas? As conquistaremos pela nossa força ou pelo poder de Deus? As conquistaremos com nosso “jeitinho” ou nos princípios do Reino?

Não permitas que as palavras pessimistas dos/as que ainda não compreendem os propósitos de Deus, lhe desanime. Vamos na unidade!

Não permitas que a rebeldia dos/as que ainda não querem ser tratados/as, lhe desvie o foco. Vamos na obediência!

Não permitas que incredulidade de alguns, lhe esfrie.

Ao som da trombeta, no pastoreio que sobre você está, avancemos para conquistar.
Deus o abençoe!
rev. Márcio Toledo

Nenhum comentário: